Tudo o que você precisa saber sobre Gestão de Risco
Gestão de Risk
A importância da Gestão de Riscos Corporativos

Independente de qual seja o seu negócio, ele apresenta riscos que devem ser gerenciados com o máximo de cautela, do contrário, esses riscos podem o prejudicar ao ponto de te levar a enfrentar grandes momentos de crise.

Pare por um momento e pense quais são as possíveis ameaças que rondam o seu tipo de negócio. Pensou? Pois bem, a Gestão de Risco vem para atuar justamente sobre essas principais ameaças e ainda ir mais além: analisar e identificar riscos que você provavelmente não identificou e pode vir a se deparar da pior forma. Para compreender melhor o assunto produzimos este guia completo com várias informações úteis que garantam a ascensão do seu negócio. Confira!

 

Gestão de Risco: o que realmente é?

Podemos definir a Gestão de Risco como um conjunto de soluções com o objetivo de gerenciar e controlar ameaças em potencial, seja elas quais forem. Estando fortemente ligado a um trabalho preventivo, ou seja, que visa antecipar situações, a Gestão de Risco também pode se manifestar de forma prescrita, quando uma situação acontece sem ter sido prevista.

No segundo caso, esse processo busca estimular na organização um comportamento mais dinâmico e ágil, para que ao serem pegos de surpresa, sejam capazes de responderem da maneira mais rápida determinada ocorrência.

Resumindo, o objetivo final dessa gestão é sempre melhorar constantemente os processos da empresa e torna-la cada vez mais independente e segura.

 

Tipos de risco/ameaças

Caracterizado como um desvio em relação aos objetivos esperados pelos gestores, a análise e a identificação de um possível risco se concentra muito na questão do segmento de atuação da sua empresa. Um risco pode ser apenas um evento, uma circunstância ou uma condição futura, em todos os casos ele causa ameaça ao bom desempenho.

Alguns exemplos para ficar mais claro:

  • Acidente ambiental;
  • Acidente de trabalho;
  • Processos judiciais;
  • Fraude financeira de um parceiro;
  • Perda de estoque;
  • Entre outras situações;

A origem do risco pode ser de caráter financeiro, operacional, falhas humanas, incompetência gerencial ou até mesmo, falta de sorte. Reconhecer a origem das ameaças é imprescindível em todo o processo, mas a função da Gestão não se limita a buscar justificativas, mas sim a agir imediatamente para que ela não converta consequências negativas para a organização.

 

Etapas da Gestão de Riscos

Levando em consideração toda a complexidade que a Gestão de Risco carrega na hora de estabelecer uma atuação eficiente, podemos dizer que as etapas do processo se concentram na:

 

Organização do ambiente

Definir o setor responsável por gerenciar os riscos e garantir a capacitação necessária.

 

Identificação dos riscos

Analisar e elaborar um panorama das situações que vão contra os objetivos da empresa, saber reconhecer os riscos presentes em tais situações e separar quais devem ser considerados e gerenciados.

 

Calcular os riscos

Cada risco apresenta uma necessidade diferente. Por isso, ao chegar nessa etapa, calcule a probabilidade e qual o possível impacto da sua ocorrência para a organização. Isso só será possível a partir de análises qualitativas e quantitativas.

 

Resposta aos riscos

Após identifica-los, saiba quais são as ações capazes de solucioná-los e de que maneira elas vão atuar: é para evitar, reduzir ou dividir os riscos ou, então, para que eles se transformem em oportunidades em vez de ameaças?

 

Monitoramento de riscos

Após ações implementado, sua empresa deve se manter acompanhando e averiguando possíveis riscos residuais, novos riscos ou até mesmo se as ações planejadas obtiveram os resultados esperados.

 


 

Se a Gestão de Risco for bem implementada, especialmente em relação aos objetivos de qualidade e flexibilidade, muitos desafios serão minimizados e a garantia de que tudo está sob controle, até mesmo problemas futuros, será tranquilizador.

Em um mundo tão dinâmico como o que vivemos, as empresas mais adaptáveis, flexíveis e prevenidas com certeza são as únicas que sobreviverão. Por isso, a Gestão de Risco ela realmente assegura o sucesso. Entenda, os riscos existem e sempre existirão, entretanto, eles não devem se transformar em consequências negativas.

Entre em contato conosco e saiba como podemos atuar neste aspecto.

Newsletter

Receba os melhores materiais de consultoria empresarial do mercado! Se inscreva agora!

Conheça a
Gestão de Risk

Tenha soluções centradas em suas necessidades.

Conheça a Gestão de Risk

Tenha soluções centradas em suas necessidades.

Conheça a Gestão de Risk