Saiba como gerenciar equipes remotas
People Solutions
Gestora tentando gerenciar equipes remotas

Pesquisas apontam que o número de profissionais que passaram a fazer home office aumentou drasticamente devido a pandemia. O que antigamente era apenas uma tendência, passou a ser uma necessidade e hoje, mesmo estando próximos a uma possível volta à normalidade, o trabalho remoto ainda se apresenta como uma ótima opção. No entanto, ele requer habilidades de liderança específica, caso contrário, gerenciar equipes remotas pode trazer grandes desafios.

Há um tempo, a tecnologia vem criando oportunidades únicas que otimizam o dia a dia no trabalho. Em diversos aspectos podemos observar a sua presença, seja como uma ferramenta de comunicação, pesquisa ou até mesmo para o desenvolvimento de projetos.

O trabalho remoto, por exemplo, surge a partir da flexibilidade que a tecnologia nos permite ter. Se antigamente as pessoas precisavam se locomover até seus locais de trabalho para cumprirem suas tarefas, hoje isso não é obrigatoriedade, já que muitos dos desafios diários se encontram até mesmo na palma de nossa mão.

Essa percepção já estava sendo encarada com outros olhos por alguns RHs, no entanto, foi a pandemia do novo Coronavírus que acelerou tal aspecto, justamente pela necessidade do meio corporativo de uma alternativa que mantivesse a produtividade da equipe, mas na segurança de seus lares.

Esse cenário de adaptação gerou muitos questionamentos: “será que o home office é eficiente?”, “de que maneira ele estará presente no pós-pandemia?”, “como devemos implementá-lo?”, entre outros. Porém, o principal: de que forma posso gerenciar a equipe em trabalho remoto?

Se o RH já lidava com a difícil tarefa de estar a par de tudo mesmo estando perto, com o trabalho remoto isso piorou. No entanto, muita calma, existem maneiras simples de fazer com que o home office se apresente como uma solução ao invés de um novo problema. O único requisito é manter a paciência e sempre se manter atras de dicas eficientes. Nesse segundo ponto podemos te ajudar agora.

01. Contato direto, sim. Controle exagerado, não!

Quando falamos em gerenciar equipes a distância, a organização deve ser a base de tudo. Determine horários fixos para as reuniões em equipe, organize a jornada de trabalho de forma que você tenha a certeza de que o colaborador entendeu os desafios a cumprirem. Para evitar que o seu funcionário entenda errado o home office e pense que é férias, entre em contato esporadicamente e saiba como está o andamento das coisas.

Mas muito cuidado, às vezes você pode se perder e ao invés de manter um contato direto com a equipe, um gerenciamento eficiente, pode se tornar um controle em excesso. Antes de tudo, você precisa acreditar no potencial, na dedicação e no comprometimento de cada um. Se você não acreditar, ele irá perceber isso e as chances de perde-lo serão grandes.

 

02. Trabalho vs Vida Pessoal

Na vida, tudo requer equilíbrio, principalmente quando o home office nos oferece o grande desafio de separar a vida profissional da vida pessoal. Como RH, é importante entender que a flexibilidade proposta pelo home office, necessita ser acompanhada de outras flexibilidades.

“Como assim?” Pois bem, tenha o controle dos horários de seus colaboradores, não apenas com intuito de ver se estão saindo mais cedo, mas ao contrário, para ver se não estão fazendo trabalho extra. Outro ponto é evitar entrar em contato com os profissionais fora do horário de escritório, e não ficar esperando uma resposta enquanto sua equipe estiver fora do ar.

 

03. Invista em comunicação

O que vai mantê-los unidos mesmo em home office é a comunicação. Se os integrantes da sua equipe têm horários diferentes e trabalham em vários lugares, você deve garantir que a informação chegue de maneira direta e imediata. Caso contrário, você corre o risco de contar com uma equipe desalinhada e improdutiva.

 

04. Expectativas em evidência

Realmente no trabalho remoto cada um se encontra em seu canto, no entanto, isso não pode ser motivo para cada um criar e seguir a sua expectativa. Mesmo longe, o propósito da empresa precisa ser seguido e as expectativas devem ser criadas em grupo. Todo mundo tem uma ideia diferente quando imagina algo, certifique-se de comunicar suas expectativas de forma clara, direta e alinhada com tudo que está acontecendo.

 

05. Seja empático

Se mostrar acolhedor e preocupado é muito mais fácil quando o fazemos pessoalmente. Através de uma tela, o que o trabalho remoto nos oferece, o desafio de ser empático torna-se maior, porém, não é impossível. Diante disso, se mantenha claramente disposto a ouvir, a dar feedback, a se manter a disposição para o que os seus colaboradores precisem.

Um dos poucos pontos negativos do home office é a falta de troca de experiencia e convívio entre a equipe, por isso fique muito atento nisso e caso continue enfrentando dificuldades, saiba mais sobre nossa Gestão de People Solutions.

Newsletter

Receba os melhores materiais de consultoria empresarial do mercado! Se inscreva agora!

Conheça o
People Solutions

Otimize tarefas e melhore relacionamentos!

Conheça o People Solutions

Otimize tarefas e melhore relacionamentos!

Conheça o People Solutions