Responsabilidade social: qual o impacto da gestão de saúde corporativa?
Gestão de Saúde
Equipe engajada a partir da Gestão de Saúde Corporativa

Tendo em vista que os planos de saúde são os principais gastos no mundo dos negócios, o oferecimento desse benefício vem sendo cada vez menor ou até mesmo extinto. Essa nova realidade já vem apresentando impactos sociais preocupantes, como o aumento de profissionais com pouca qualidade de vida e de menor produtividade.

Saúde é um assunto extremamente sério. Se há algo que a pandemia nos ensinou foi justamente valoriza-la, pois durante esse tempo recluso, observamos o quanto sem ela o mundo simplesmente paralisa. Outra lição que levamos desse período conturbado é a questão da responsabilidade social que o meio corporativo possui em relação a saúde.

No ápice da pandemia, vimos que empresas não podiam parar, no entanto a saúde pública implorava por cuidados especiais, e por quê? Porque o mundo dos negócios abrange muitas pessoas, ou seja, a contaminação seria ainda mais grave. Esse pensamento nos leva a outro: a responsabilidade assumida por cada empresa para continuar seu funcionamento.

Para elas não precisarem parar, elas tiveram que assumir esses riscos para si e garantir que as consequências fossem as menores possíveis para os seus colaboradores.

Essa situação, ainda vivida por nós, demonstra o quanto desenvolver a Gestão de Saúde dentro do meio corporativo forma uma sociedade mais consciente e saudável, pois de fato, o poder que esse setor tem sobre a população é muito grande. No entanto, mesmo com uma responsabilidade dessas nas mãos, muitas empresas não sabem como cumprir com o seu papel, quando o assunto é Gestão de Saúde Corporativa.

A fim de esclarecer dúvidas frequentes, conscientizá-lo sobre a sua responsabilidade social e dar dicas de como implementar uma Gestão de Saúde eficiente, hoje trazemos este conteúdo super importante. Confira!

Gestão de Saúde: o que é?

Centrado em administrar os investimentos relacionados a saúde dos colaboradores, a Gestão de Saúde avalia as necessidades da organização e administra processos e programas aplicados, com o objetivo de criar políticas que garantam o bem-estar e a qualidade de vida de todos, de forma mais eficiente e vantajosa para todos os envolvidos.

 

Problemas de uma empresa sem o gerenciamento

Sendo o investimento em serviços de saúde os custos mais altos no mundo corporativo, a Gestão de Saúde Corporativa vem se mostrado cada vez mais indispensável. Por muitos gestores estarem esgotados de gastarem veemente em planos de saúde, por exemplo, e não notarem mudanças positivas, as empresas estão procurando cortar ou ao menos diminuir este e muitos outros benefícios de saúde.

Isso é muito preocupante, pois além de envolver a questão do impacto que esse setor tem sobre a sociedade, há a questão do aumento drástico de profissionais com pouca qualidade de vida e de menor produtividade.

 

Definindo uma estratégia eficiente

Investir em Saúde é essencial, não ter este pensamento é a mesma coisa que apostar na sorte e assumir o risco de ter uma empresa sem engajamento, improdutiva, de poucos talentos e com muitas chances de fechar suas portas em breve.

É preciso entender que não tem como fugir desse custo, mas com certeza tem como otimiza-lo e para isso, o primeiro passo é identificar os principais pontos que com o tempo tendem a encarecer ainda mais os serviços de saúde:

  • Envelhecimento da população;
  • Maus hábitos de vida;
  • Aumento de doenças crônicas, como as do coração e câncer;

Esses aspectos devem ser levados em consideração em cada processo da implantação de uma Gestão de Saúde.

 

Aplicando a Gestão de Saúde

Para saber como aplicar métodos qualificados na gestão de saúde corporativa, podemos nos basear em cinco princípios orientadores:

  • Definir o que é qualidade e obter um acordo sobre o conceito;
  • Flexibilizar a utilização de ferramentas;
  • Diferenciar medidas de melhoria das medidas de desempenho;
  • Estruturar a partir do PDCA – planejar, fazer, checar, agir;
  • Analisar e entender a variação de dados;

O sucesso da Gestão de Saúde está muito atrelado a aplicação correta de dados e análises. Contudo, modelos mais generalistas precisam ser adaptados à realidade vivida em seu negócio.

Fazendo jus a tamanha importância do papel desempenhado dentro das empresas, a aplicação da Gestão de Saúde possui suas complexidades. Isso porque, os seus processos com os quais ela lida se baseia em informações precisas. Portanto, é sempre recomendável procurar equipes especialistas para desenvolver o projeto.

 

Os benefícios a partir dessa estratégia

A Gestão de Saúde está completamente ligada a vantagens. Além de manter todos os colaborados saudáveis e cortar gastos, ela:

  1. Melhora a qualidade de vida dos colaboradores;
  2. Aumenta a produtividade no trabalho e melhora o clima organizacional;
  3. Reduz recursos, pois ela corta o mal pela raiz com a prevenção;
  4. Retêm grandes colaboradores;

Quer diminuir seus desafios e ter a certeza de que a Gestão de Saúde será implementada perfeitamente? Entre em contato com nossos consultores e saiba como nossa experiência de mais de 25 anos pode ajudar a impactar o seu negócio.

Newsletter

Receba os melhores materiais de consultoria empresarial do mercado! Se inscreva agora!

Conheça a
Gestão de Saúde

Melhore a saúde do seu negócio

Conheça a Gestão de Saúde

Melhore a saúde do seu negócio. 

Conheça a Gestão de Saúde